22 de fev de 2017

Pensamentos: Substituição Penal

A teoria de expiação de que Deus perdoa baseado no sacrifício de Jesus em nosso lugar funciona apenas dentro do mundo isolado da teologia. Moralmente, não funciona - e o argumento moral é sempre o mais forte quando falando de Deus. Se quisermos obedecer as escrituras e perdoar os outros assim como nosso Pai celestial nos perdoou e ao mesmo tempo acreditar que para nos perdoar, o Pai precisou da morte de um inocente, estaremos bem perto da religião do sacrifício que Jesus destruiu. Na Substituição Penal, Deus precisou de morte para perdoar. Isso quer dizer que Deus não conseguiu fazer algo que eu e você fazemos todos os dias, perdoar sem prejudicar. Essa teoria não funciona mais e não condiz com o Deus que Jesus falou ser seu Pai, por favor, pare de pregá-la como se fosse o Evangelho. 

Ps.: Deus perdoa porque perdoa. Jesus morreu porque incomodou quem estava no poder. Sua morte não foi substituição, foi identificação e redenção. 

Guilherme Adriano

Nenhum comentário: